18 de março de 2013

A patrulha da reflex

   O título pode soar estranho, talvez uma brincadeira, mas é o que acontece há alguns anos nos fóruns de fotografia. Parece que a expressão de ordem é "compacta não serve para nada" e, quase que invariavelmente, se aparece um leigo que nunca usou uma câmera mais avançada na vida, os mais experientes não hesitam em indicar uma reflex enumerando vários motivos para se execrar as pobres compactas. Discordo veementemente dessa opinião, pois eu acredito que todas as câmeras tem o seu valor, eu disse TODAS. Inclusive aquelas lá que eu não gosto, as Lomo, mas isso é outro papo...
Exemplos de câmera Lomo/Blog Lomografia
   Assim como toda câmera tem seu valor, há todo tipo de público no meio da fotografia. Tem usuário com perfil de compacta e usuário com perfil de reflex, eu mesmo me considero com perfil muito mais de compacta do que de reflex já que só fotografo de forma amadora, nada profissional. Mas aqui vai uma ressalva: eu não digo que o usuário novato e totalmente leigo não deve usar uma reflex, muito pelo contrário, hoje os equipamentos mais avançados estão ao alcance de qualquer um graças ao panorama atual da nossa economia. Aliás, esta postagem não é direcionada a este tipo de usuário e sim, ao usuário mais experiente e que se dispõe a ajudar os que ainda não possuem tanto conhecimento.
Câmeras totalmente automáticas não servem para nada?
   É preciso haver responsabilidade na hora de prestar ajuda a quem vai se deparar com um mundo totalmente diferente do que ele imagina. A pessoa quando se interessa pela fotografia não imagina que vai precisar mergulhar num mar de números e siglas, controles manuais e tudo mais. A pessoa quer clicar, só isso, depois é que ela vai, talvez, se interessar em se aprofundar no assunto. É aí que entra o auxílio dos mais experientes e o Foto Fácil faz parte disso, é preciso avaliar cada caso individualmente e não se basear na sua própria experiência pois cada caso é um caso, nem todo mundo vai pensar igual a mim. E quando alguém que não entende nada de fotografia fica em dúvida entre uma compacta e uma reflex, as vozes soam quase em uníssono nos fóruns: "Há algum tempo atrás tive a mesma dúvida que você e optei pela reflex porque me dava mais liberdade, mais qualidade, mais isso, mais aquilo..." mas ninguém se deu o trabalho de analisar o perfil da pessoa interessada. Será que realmente a reflex era o mais interessante para ela?
Não dá pra fazer fundo desfocado com uma compacta? Esta foto é de uma Nikon P100
   Embarcar no mundo das reflex é um buraco sem fundo, você precisa sempre invstir em lentes, acessórios e conhecimento. Esse investimento não tem fim, será que todos os novatos estão dispostos a se comprometerem com estes gastos posteriores que irão acompanhá-los por toda a vida? Será que não existem mais (como sempre existiu antes da era digital) aqueles usuários que querem apenas eternizar momentos importantes da sua vida, sacando sua câmera e disparando sem necessidade de quaisquer ajustes, para depois reunir a família e relembrar estes momentos? Será que todos agora são obrigados a se entupirem de equipamentos grandes e pesados, devorarem livros, revistas e publicações online sobre fotografia se quiserem ter boas fotos? E o nível de exigência de cada um? Não se leva mais em conta?
Por mais que seja uma reflex simples, de entrada, talvez não seja  a câmera mais indicada para iniciantes
   Então, na minha opinião, toda câmera tem seu valor e seu público-alvo. Cabe aos mais experientes ressaltarem as diferenças entre cada tipo de câmera e tentar perceber qual a finalidade e nível de exigência de cada um, e não dar resposta pronta indicando câmera como se fosse para si próprio. Acho uma irresponsabilidade sair indicando equipamentos caros a pessoas que talvez não precisem de nada daquilo. Cada cabeça funciona de uma forma diferente e é preciso que se analise individualmente como este espaço sempre fez e continuará fazendo.



Siga o Foto Fácil no facebook: https://www.facebook.com/Fotofacil.rj

39 comentários:

  1. "Embarcar no mundo das reflex é um buraco sem fundo, você precisa sempre investir em lentes, acessórios e conhecimento. Esse investimento não tem fim, será que todos os novatos estão dispostos a se comprometerem com estes gastos posteriores que irão acompanhá-lo por toda a vida?"

    Não precisa dizer mais nada...!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Rodrigo, excelente post. Depois de fazer bastante pesquisa e ter todas as perguntas que fiz a você respondidas de forma bem objetiva e didática, acho que ficarei com uma compacta premium, pois também me possibilitará ter uma qualidade melhor nas fotos.
    Rodrigo, dividi as compactas premium pelo tamanho dos sensores, gostaria que você me indicasse as que você acha que apresentam as melhore fotos, facilidade de uso, etc., ou seja, suas indicações.

    Sensores 1/1.7"
    . Canon G15
    . Canon S110
    . Nikon P7700
    . Nikon P330
    . Panasonic LX7
    . Olympus XZ-2 iHS
    . Pentax MX-1
    . Samsung EX2F

    Sensor 2/3"
    . Fujifilm X20
    . Fujifilm XF1

    Sensor 1″
    . Sony RX100

    Sensor 1.5″
    . Canon G1X

    Existe uma diferença muito grande em termos de qualidade de imagem, nitidez, etc. entre os sensores de 1/1.7" e os de 2/3"?


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quanto maior o sensor maior a qualidade da imagem então, nesse caso aí, não tem nem o que discutir, é Canon 1x, imbatível.

      Excluir
  3. concordo! mantenho minha Sony W125 impecável e sempre fico maravilhado com as fotos que ela proporciona ... tudo tem alguma utilidade e claro, o saber utilizar é fundamental!

    ResponderExcluir
  4. Rodrigo, o tamanho do processador é então o fator mais importante para garantir a qualidade de imagem, nitidez, ruído, etc.? Digo isto, pois então o tamanho do processador da Canon G1X, compensa sua abertura de 2.8 - 5.6 enquanto os demais possuem aberturas de 1.8 - 2.8 como a G15? Também consigo usando a técnica de recorte de imagem dar um bom zoom sem perda de qualidade e nitidez de imagem?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O tamanho do processador não, o do sensor é o mais importante. E ele compensa maiores aberturas de câmeras com sensores menores. Mas todo recorte gera perda de qualidade e nitidez, mas quanto maior o sensor, menor é essa perda.

      Excluir
    2. Mauricio a sony w125 faz parte da época que a marca fazia camera para brigar e desbancar as compactas canon, hj em dia a sony ta nem ai para qualidade de foto, ela sai empurrando os megapixels guela baixo do povo que só atente em quantidade de MP e ja tem camera com sesores menores que de um smartphone com mais de 16MP agora imagina a qualidade dessas fotos! por isso que num penso em trocar minha nex que paguei o preço de uma compacta mais avançada por nada de infinito pixels e zoom's

      Excluir
  5. Excelente!
    É incrível a quantidade de patrulheiros na web!
    Tem patrulha pra tudo quanto é "gosto" e tema... e patrulheiro que se preza, é chato pra.....!!!

    ResponderExcluir
  6. Rodrigo, meus parabéns.
    Talvez voce não quisesse falar (ou citar nominalmente) mil e um sites de avaliações nacionais ou estrangeiros. Tem é muito jabá!!
    Até no mais famoso e respeitado site de avaliações o d... Um dia desses, foi impossível fazer uma comparação entre máquinas e tive que fazer uma ginástica, um macete pra conseguir uma aproximação. Outro site famoso e que eu respeitava por achar que eram fiéis no comparometer... escolher 2 máquinas de uma infinidade e ver, lado a lado, fotos tiradas nas mesmas circunstâncias, era gritante, uma determinado modelo jamais poderia tirar fotos como a do outro modelo que escolhi como par de comparação. Claro que tem alguns sites mais razoáveis, tem aquele que lista uma série de outros sites avaliadores, classificando avaliações de experts e de usuários.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A questão dos sites de avaliação e comparação de câmeras é mais profunda ainda mas é certo que há outros interesses, já vi muitas comparações injustas além de informações erradas que não são corrigidas nunca ou demoram meses para serem corrigidas.

      Excluir
  7. Parabéns Rodrigo, não pelo post apenas, mas por todo o seu blog e sua prática, que você sintetizou nesse texto. Sou bastante consultado por amigos para indicar configurações de computador. Antes de emitir qualquer opinião, sempre faço as perguntas: para que e em que condições você usará o computador?
    Forte abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu, Renam. Sempre presente aqui no blog.

      Excluir
  8. Rodrigo, na visão de um fotógrafo amador as fotos produzidas pela Canon G1X em modo automático apresentam diferença de qualidade, nitidez, definição, etc. em relação as demais compactas premium com sensores menores?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, quando se usa no automático tudo se nivela por baixo, até uma reflex. Por isso existem fotos de compactas melhores do que algumas fotos de reflex.

      Por isso que eu digo que pra gastar 1600 em G1x, se for usar no automático é melhor dar 700 reais em uma SX240.

      Excluir
  9. Tive que entrar pra elogiar, pois já estava começando a achar que estava sozinho nesse mundo de "não" para as Reflex, rs!
    Me perguntam Muito qual câmera comprar e eu sempre respondo com outra pergunta, qual a finalidade, se for pro dia a dia e se a pessoa não quer se aventurar profissionalmente e nem quer aprender nada sobre fotografia, pra que uma DSLR? só pra abandonar a cãmera depois de um tempinho...ao contrário também serve pra pessoas que pretendem trabalhar um dia e querem comprar câmeras como essas da fuji baratas e robustinhas, rs NÃO!
    Parabéns pela blogada!

    ResponderExcluir
  10. Rodrigo, parabéns pelo post e muito oportuna sua opinião. Sou fotógrafo amador, tenho uma Nikon D300 que acho excelente, só que senti necessidade de ter uma compacta pra levar pra praia, pra piscina, etc. Ou seja, segui um caminho que não esperava, quanto mais fui estudando, percebi que precisava mesmo era de uma compacta com controles manuais e me serviria muito bem. Não que tenha sido desperdício comprar uma reflex, mas em certos lugares quanto menos chamar a atenção, melhor. Bom, hoje eu penso que se a pessoa não quiser gastar muito, nem aprender fotografia a fundo, uma compacta é o ideal. Mas se tiver condições financeiras, não se importar com o tamanho, quiser aprender a controlar a câmera, e não se preocupar com o valor do equipamento que está carregando, por quê não?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse é o caminho, Joe. A escolha de uma câmera passa por vários fatores como você citou.

      Excluir
  11. É que tem neguinho que depois que muda para uma reflex passa a criticar as compactas para parecer mais inteligente e mais moderno que os outros. Mesmo depois de adquirir minha D90, não abro mão de jeito nenhum da minha petitinha. Ela tem seu lugar garantido em ocasiões onde não é seguro ou cômodo carregar uma câmera grande. E a qualidade das fotos é ótima.

    ResponderExcluir
  12. Muito bom. Concordo com tudo o que foi dito!

    ResponderExcluir
  13. Excelente post, Rodrigo!!! Gostaria, novamente, de o agradecer por ter me ajudado a comprar a minha máquina. Eu queria uma máquina que tirasse boas fotos e que coubesse no bolso, pois não gosto de ficar andando com aquele "bambolê" no pescoço. Tinha pesquisado por algumas compactas "premium" e você confirmou que eram boas. Escolhi pela canon s100 por causa do tamanho. Ninguém percebe o "valor" dessa máquina e ela tira fotos maravilhosas. Depois disso, virei seu fã!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que o blog foi útil a você! Não seja meu fã, seja do blog que ele sente falta de fãs, é sentimental...

      Excluir
  14. Ótimo post! Meu perfil é a compacta, vc me indicou a SX260 e é maravilhosa...Obrigada :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que o blog foi útil a você. Volte sempre que precisar!

      Excluir
  15. Ótima postagem Rodrigo, já fui muito ajudada pelo seu blog. Imagino que não deve ser fácil arranjar tempo para se informar, publicar e avaliar as câmeras... Mas tenho certeza que esse trabalho é de muito valor, principalmente para nós que de alguma forma já fomos esclarecidos sobre vários post daqui. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que o blog tem sido útil para você.

      Infelizmente, Carina, as atitudes de alguns leitores estão me fazendo pensar até onde devo levar esse blog a frente. Será que vale a pena eu continuar estudando, pesquisando e levando informações em português que normalmente só encontrariam em inglês sem receber um centavo por isso e ainda ter que aturar diariamente grosseria de gente que não aceita opinião e age com grosseria? Seá qu vale a pena tudo isso? Tô pensando seriamente em largar isso aqui e continuar escrevendo só para terceiros, onde pelo menos ganho alguma coisa.

      Não que eu tenha feito o blog pra ganhar dinheiro mas também não fiz pra ajudar as pessoas e receber pedrada em troca.

      Excluir
  16. excelente explanação....muito rico em conteudo numa linguagem de fácil compreenção....parabéns....hbsaquarema

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado! A intenção é essa, usar uma linguagem que todos possam entender.

      Excluir
  17. Excelente postagem, Rodrigo!

    E olha, esse negócio de ajudar alguém a escolher uma câmera, não é tarefa fácil.
    No meio disso tudo, tem também a turma que pede ajuda e depois não dá a mínima...Algumas pessoas acham que a solução para os seus problemas é uma câmera reflex, que ela reunirá todos os recursos que tanto sonham. Você até explica as vantagens das compactas premium, por exemplo, mas a pessoa te olha torto e insiste numa câmera que visualmente impressiona pelo seu tamanho, quantidade de botões e valor pago. Depois a decepção é evidente e a pessoa vem até você novamente e diz: "Qual era aquela compacta que vc tinha me falado mesmo, hein?"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em alguns casos chegam a vender a câmera logo depois, dinheiro jogado fora.

      Excluir
  18. Respostas
    1. É uma ótima câmera, mas falta suporte no Brasil. Recomendo para quem tem facilidade para comprar no exterior ou pretende ficar só com a lente do kit.

      Excluir
  19. Parabéns Rodrigo, ótimo post. Também gostaria de agradecer novamente, pois vc com suas experiências me ajudou a escolher a câmera ideal pra mim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu que agradeço sua presença no blog e que bom que ele foi útil para você. Volte sempre!

      Excluir
  20. Excelente post! Comecei a fotografar em 2004, quando comprei a minha primeira compacta, uma Canon PowerShot A310 de apenas 3,2MP e sem zoom ótico (zoom fixo). A cada 2 anos aproximadamente eu trocava de câmera, sempre pra uma melhor e mais avançada, mas sempre compacta. Como nunca tive dinheiro para comprar uma DSLR eu tive de me contentar com elas e isso foi muito positivo para mim. Com o tempo aprendi a explorar ao máximo os recursos e funções delas e quando vi já estava "tirando leite de pedra" com essas câmeras.

    Da A310 passei para a A510, depois a A610 (uma das 3 lendas da Canon) que é uma das melhores compactas de 5MP já fabricadas, depois a A650 IS (12.1MP) que foi a primeira compacta da Canon a vir com estabilizador de imagem e sensor igual ao da G9. Sempre usei compactas só da Canon por dois motivos: Primeiro porque como a primeira tinha excelente qualidade de imagem percebi que os outros modelos também teriam. Segundo porque moro relativamente próximo do Paraguay e lá essas câmeras custavam muito pouco. Estou falando do período que vai de 2004 até 2009, que para mim foi o período em que os fabricantes realmente priorizavam a qualidade de imagem em suas câmeras. A partir de 2010 a Canon veio com a nova linha de câmeras superzoom e aí parei de comprar compactas e comprei a SX10, com zoom ótico de 20X. Atualmente estou com a SX40, possui zoom ótico de 35X e recursos incríveis. Somente no início de 2014 que eu consegui comprar minha primeira DSLR, a Canon T3i com lente básica 18-55mm. Mas continuo a usar muito tanto as compactas quanto a superzoom.

    Qualquer pessoa pode obter fotos com qualidade profissional com uma compacta, desde que tenha um mínimo de conhecimento sobre as regras básicas da fotografia e conheça cada função e recurso de sua câmera, para que eles servem e como utilizá-los corretamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse é o caminho, mais conhecimento do que equipamento. Obrigado pelo depoimento.

      Excluir

Related Posts with Thumbnails