25 de outubro de 2012

Nikon lança nova mirrorless V2

   A Nikon resolveu, enfim, lançar uma mirrorless um pouco mais séria, com um design que privilegia usuários mais avançados e acostumados com câmeras reflex. Este modelo possui um grip que inexistia nos 3 modelos anteriores e dificultavam ao máximo a pegada de uma câmera pequena mas com objetivas nem tão pequenas assim.
Nikon V2 disponível nas cores preta e branca
   A Nikon V2 é equipada com sensor CMOS de 14.2MP (1 polegada com 15.1MP de resolução total); possui 73 pontos de autofoco; o tempo de exposição varia entre 1/4000 e 30 segundos com sincronia de flash a 1/250 e modo bulb; sensibilidade ISO 160-6400; modo contínuo de até 15fps; faz vídeos Full HD com taxa de 30fps em formato MOV e som estéreo; gera arquivos RAW; o alcance do flash é de até 5 metros; seu monitor LCD mede 3 polegadas; e é alimentada por bateria com capacidade para até 310 fotos por carga. Os preços iniciais são de 700 dólares o corpo, 800 dólares com objetiva 10-30mm e 1150 dólares com objetivas 10-30mm e 30-110mm.
Visão de cima mostrando os dois dials e painel traseiro com poucos botões
   Opinião do blogueiro: É uma câmera mais "usável", o design dos modelos anteriores era muito ruim. Possui um bom sistema de manuseio dos controles manuais apesar de faltarem mais botões mas o dial é interessante, gera arquivos RAW, faz vídeos com som estéreo sem necessidade de microfone externo e o único porém continua sendo o prçeo. Para uma câmera com sensor deste tamanho poderia ser mais barata. Recomendada, na data de seu lançamento, com a ressalva do preço.
O flash também está disponível nas cores preta e branca
   Além da câmera, a Nikon também lançou um flash externo bem compacto e relativamente potente, de número-guia 18. O SB-N7 infelizmente não é de sapata já que as câmeras do sistema 1 não possuem sapata para flash e sim, uma porta de acessórios. A cabeça possui mobilidade de até 120º e atenção para a alimentação dele que é diferente dos demais flashes. Em vez das pilhas AA, usam-se 2 pilhas AAA neste flash.

9 comentários:

  1. Como pode, Rodrigo, uma câmera ser tão atraente por dentro e tão feia por fora?! Alguém avisa a Nikon que beleza, embora dispensável, é fundamental... rsrsrsrsrsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A mirrorless Pentax é bem pior. BEM pior...

      Excluir
  2. Ah, é verdade... bem lembrado. Mas agora terei pesadelos...

    ResponderExcluir
  3. Algumas especificações a mais para (talvez) justificar o preço dela junto a outras mirrorless:

    http://www.dpreview.com/news/2012/10/24/Nikon-announces-1-v2-14MP-1-series-mirrorless-system-camera#specs

    É um sistema bastante portátil e rápido, mas o tamanho do sensor é uma clara intenção da Nikon de proteger o mercado DX por enquanto. Uma dessas com sensor de uma m4/3 seri arrasadora.

    ResponderExcluir
  4. Parece. q a nikon quer imitar os modelos dos idos de 1998, o designer. parece bastante com as cameras dessa epoca!

    ResponderExcluir
  5. Olá. Tenho uma D3200 e pretendo comprar essa câmera ano que vem. Vou perder minhas objetivas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não perde, existe um adaptador para usar as lentes da baioneta F nas Nikon 1 com algumas poucas limitações. Porém, tal adaptador acarretará em dois problemas: usar lentes grandes demais em uma câmera pequena, isso termina tirando o propósito de usar um sistema mais compacto.

      E a grande diferença no tamanho do sensor vai gerar distâncias focais absurdas como, por exemplo: uma 18-55mm, que é a objetiva mais comum nos kits da Nikon, vai oferecer um ângulo de visão equivalente a uma 49-149mm. Fica muito estranho, não é mesmo?

      Qualquer dúvida é só retornar.

      Excluir

Related Posts with Thumbnails